quarta-feira, 24 de junho de 2009

Restaurante Zé Neto - 11 Julho 2009

"Já passara há muito a hora de almoçar e Matilde escolhera o restaurante Zé Neto, por ficar perto da baixinha coimbrã, na Rua das Azeiteiras, uma rua estreita e empedrada. Era um restaurante familiar, simples e acolhedor, de forma rectangular, tinha poucas mesas, cobertas de toalhas verdes e dispostas junto às paredes revestidas de madeira até meio da altura das mesmas.
Os estudantes eram os principais frequentadores do local e podia encontra-se entre as especialidades da casa, a açorda de coentros com petingas ou jaquinzinhos e as costeletas de borrego panadas."

Memórias do OLhar e do Sentir, página 111

5 comentários:

AnaC disse...

O Olhar e o Sentir também vão passear até à riviera maya :-)

***** disse...

Olá!!!Não sou professor mas acho que sou um bom garfo!!


Também posso ir??

Fátima Freitas disse...

Claro que podes ir! Mas como contactamos?!

al disse...

que bom aspecto tem a comida!!!
óptima escolha, Fátima!
e tb gostei do excerto do teu O Olhar e o Sentir .

* * * * *

João Francisco disse...

Eu, a Rosa e o meu filhote vamos tirar o fim-de-semana para visitar Coimbra, o Portugal dos Pequenitos e aproveitamos para dormitar lá.
... e claro que vamos ao Umbigo's dinner!!! Contem com3 pessoas!